Gazette

Sua referência em notícias culturais

Praça Batista Campos recebe a Feira do Artesanato Paraense a partir de quinta Praça Batista Campos recebe a Feira do Artesanato Paraense a partir de quinta
A Praça Batista Campos recebe a quinta edição da Feira do Artesanato Paraense (Fesarte), que este ano traz como tema “O artesanato como ferramenta... Praça Batista Campos recebe a Feira do Artesanato Paraense a partir de quinta

A Praça Batista Campos recebe a quinta edição da Feira do Artesanato Paraense (Fesarte), que este ano traz como tema “O artesanato como ferramenta de promoção da sustentabilidade no Pará”. O evento é promovido pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), com o objetivo de valorizar e incentivar o trabalho dos artesãos paraenses. A feira ocorre de quinta-feira (15) a domingo (18). A abertura oficial será às 17h.

Participam da feira 550 artesãos de 23 municípios paraenses, expondo e comercializando cerca de dez mil produtos. Além disso, também serão oferecidas oficinas e palestras, sobre emprego e empreendedorismo, além de brinquedoteca e um espaço voltado para crianças, onde será possível aprender técnicas de artesanato. A ocasião será oportuna para cerca de 2,8 mil trabalhadores ligados, direta e indiretamente, ao segmento.

“Esperamos que os artesãos possam se tornar grandes empreendedores, expandam os negócios e fomentem essa que é uma cadeia produtiva tão importante para o Pará, assim como almejamos que a sociedade conheça as tipologias artesanais de acordo com a região e valorize as riquezas”, diz o titular da Seaster, Heitor Pinheiro.

Em quatro dias de programação, a Fesarte oferecerá uma gama de opções de lazer e oportunidades. Além das obras expostas e das oficinas e palestras, o público do evento também será convidado a degustar diversas iguarias nos food trucks, na mostra gastronômica, e a participar das rodas de conversa. Os temas serão “Potencial do Artesanato na Decoração de Interiores” e “O Tacacá: uma Arte Paraense”.

“O Pará é rico em recursos naturais, mas a maior riqueza do Estado está contida no que é produzido pelos artesãos paraenses a partir desses recursos. A Feira do Artesanato Paraense será um espaço para o artesão apresentar o trabalho ao grande público, de forma que o visitante perceba toda a complexidade contida na confecção de cada peça”, explica Heitor Pinheiro.

A Seaster também leva para a feira serviços gratuitos, como a emissão de certidão de nascimento, cadastro e emissão de carteirinha do artesão e o cadastro de currículo no Sistema Nacional de Emprego (Sine). Para se inscrever, o trabalhador deve levar carteira de identidade, CPF, currículo, carteira de trabalho e certificados de cursos.

Por Inara Soares

Fonte: Agência Pará

admin

No comments so far.

Be first to leave comment below.

Your email address will not be published. Required fields are marked *